Sunday, October 31, 2010

Still life: Marbles


Acrylics on canvas: brush, airbrush on canvas. Part of a series of 12 paintings done back in 2005.
(12x16in / 30x40cm)



Saturday, October 30, 2010

Colored Pencils

This is an old colored pencil piece, based on own reference photo - thanks Lu ;) 
Faber Castell colored pencils on Canson's MiTientes paper.

Friday, October 29, 2010

Black & White drawings

I have been studying hard lately, specially on black & white drawings and study paintings. Bellow are two examples of completed studies.
Scratchboard 8x11in
(in case you're interested to know  what scratchboard is, check this link on wikipedia)

Pencil on Mitientes paper- Detail

Wednesday, October 6, 2010

Airbrush Pointllism - Demo de Aerografia

VERSÃO EM PORTUGUÊS AO FINAL DO ARTIGO

Finished Artwork - Lana 
Acrylics on canvas(12x16in / 30x40 cm)

This is pointillism demo achieved with the usage of an airbrush. I've chosen the airbrush for this piece, as I was working over canvas and this technique can be applied to virtually any surface, such as walls, metal, helmets including curved surfaces. 
I wanted this piece to resemble the old "Noir" movies look and feel, so the reference photo was carefully chosen from the 40's time frame.
The success of such project is driven by careful planing. Knowing what to mask, the desired final result and how to achieved that,  is key.

A - Tools of the trade:


Figure 1
- cotton canvas, 
- artist grade gesso, 
- airbrushes (I will cover this bellow), 
- black Golden airbush acrylic paint - the beauty of airbrush is that you can use any thinned paint: Indian ink, watercolor, gouache, automotive, edible. You name it.
- Winsor & Newton watercolor liquid mask. This  is composed of rubber latex and pigment used to protect certain portions of the painting. This is removed after paint applied.
Additionally: 2 sheets of 1200 wet sand paper, 3M spray adhesive, Scotch Brite sponge and  X ACTO Blades(sharp blades for cutting paper).

How to prepare the canvas with gesso:
As mentioned before, I used canvas but wanted to have a smooth surface. So I prepared that with gesso.
The processes is rather time consuming, but it worths if you need a surface as smooth as an hot pressed illustration board, and consists of applying gesso in very thin layers, let it dry completely between each layer and repeat the process from 7 to 10 times. At the end, wet sand it  carefully to leave the whole surface smooth as you can achieve.
After this, you should use the abrasive side of the scotch brite to create small grooves, so the sprayed paint could adhere to.
If needed apply a thin layer of the base color you are working, using an airbrush pistol to achieve an even surface.

Figure 2 - I choose 3 distinct airbrushes to achieve the planed result:


- First from top-down is an old Aztek airbrush with a splatter nozzle (pink nozzle). I found this to be extremely useful to achieve subtle variations of splattering under lower pressures and smaller areas.
- second (middle) is a Iwata HP-B. I'will explain how to achieve the different splattered effects with that too. 
- last is a single action airbrush w/ external atomization. I used this one to cover the larger areas with the watercolor liquid mask.




Figure 3 - This is my test sheet, showing each airbrush using different pressure. Lower (~5psi)  to higher (20psi) pressure is required at the compressor side.
As for the Iwata HP-B, I had removed its crown cap and nozzle cap. By doing this, you can achieve a splattered effect, which will vary the intensity if you vary the pressure. This works fine for any airbrush with similar physical characteristics.
This is the most important part of the whole demo. to achieve the pointillism effect in a faster way, using the airbrush. 




Figure 4 - On the single action/external atomization airbrush, Ive loosen the nozzle so the watercolor liquid mask once sprayed will achieve a splattered effect. 

Figure 5 - This watercolor liquid mask has a higher viscosity and therefore requires higher pressure to be sprayed (~30psi).







Figure 7 - I enlarged the original reference photo to match my canvas size, printed 3 copies, transfered the main lines to my canvas and with a sharp blade (X ACTO blade) I had carefully cut their shapes on one of the paper copies.
Figure 8, shows how I applied the liquid mask with an old brush to cover some lines and details where I wanted to save some of the white background.
Figure 9 - watercolor masking fluid was  then applied  w/ the single action airbrush. Only certain parts were sprayed, specially the ones that will sit within the darker background.






Figure 10 - I sprayed the 3M glue on the backside of the cut stencils and fixed them on canvas. At this point, with the masking fluid applied and the stencil carefully placed, I sprayed the whole canvas with pure black acrylics.
This should be achieved with several layers of sprayed paint, otherwise paint will run down the canvas and that might destroy the complete artwork.


Figure 11 - Once everything is dry I then removed the watercolor masking fluid. This is done carefully with some masking tape and a lot of patience, as shown on the picture.







Figure 12 - a small detail shot, after the stencils and masking fluid been  removed.

Figure 13 - a full look on the image after masking fluid and stencils are removed. Notice the masking fluid was used on the transitions between darks and lights specially on the background on the lower right.





Figure 14 - Shows the step-by-step with the airbrush, under lower pressure adding the small dots achieved by the splattered effect.
This shall be done slowly otherwise it might ruin the pointillism effect desired result.
After several passages with the airbrushes under different air pressures, I reached the following result. Notice how subtle passages of splattered paint has been placed over the model's hair to achieve depth.

This small step-by-step covers the basics. If you want to give it a try, the secret for that is planning.

Hope this helps you!



Detail - Lana 
Acrylics on canvas(12x16in / 30x40 cm)


Versão em Português:

Esta é a demonstração pontilhismo alcançados com o uso de um aerógrafo. Eu escolhi o aerógrafo para esta peça, pois estava trabalhando sobre tela e esta técnica pode ser aplicada em qualquer superfície, como paredes, metal, incluindo capacetes superfícies curvas.





Eu queria que o resultado final lembrasse os filmes policiais  "Noir" dos anos  40. Logo optei por uma fotografia de refêrencia da época.




O sucesso de uma pintura como esta devesse exclusivamente ao planejamento cuidadoso. O básico da técnica é descrito abaixo. E o resultado deriva de tentativas anteriores e o planejamento cuidadoso para atingir o efeito desejado.



A - Ferramentas:

Figura 1 -
- Tela de algodão,
- Gesso Acrílico,
- Aerógrafos (vou falar mais nos próximos parágrafos),
- Tinta acrílica preta. Utilizei neste projeto, tinta acrílica Golden, que já vem diluida e filtrada para aerógrafos - mas você pode usar qualquer tinta diluída: nanquim, aquarela, guache, automotiva, comestíveis. 
-  Máscara de aquarela líquida Winsor & NewtonEste é um composto de látex  e pigmentos utilizados para proteger certas partes da pintura. Este é removido após a tinta aplicada preservando a cor do fundo.

Além disso: 2 folhas de lixa 1200, o adesivo em spray 3M, esponja Scotch Brite, e lâminas de corte (usei X ACTO). 

Como preparar a tela com gesso:

Como mencionado antes, usei tela, mas queria ter uma superfície lisa. Então eu preparei a minha com gesso.
O processo é bastante demorado, mas vale a pena se você precisar de uma superfície tão lisa quanto uma folha de papel para ilustração. O processo  consiste na aplicação de gesso em camadas muito finas, deixe secar completamente entre cada camada e repita o processo de 7 a 10 vezes No final, lixe com cuidado para deixar toda a superfície lisa.
Por fim, deve-se usar o lado abrasivo da esponja scotch brite para criar pequenos sulcos, de modo que a tinta pulverizada possa aderir sobre os micro sulcos da superfície.
Se necessário, aplicar uma fina camada da cor de base na qual você está trabalhando, usando uma pistola de spray para conseguir uma superfície com cor distribuida e uniforme.

Figura 2 - Escolhi 3 aerógrafos para atingir o resultado final:

- Em primeiro lugar, de cima para baixo é um velho aerógrafo Aztek com um bico de splatter (bico rosa). Eu achei este extremamente útil para conseguir variações sutis de respingo sob pressões mais baixas e áreas menores.
- Em segundo lugar (no meio) é um Iwata HP-B. Vou explicar mais abaixo, como conseguir os diferentes efeitos de respingos/pontos com este também.
- O último é um aerógrafo de ação simples com  atomização externa. Eu usei este para cobrir as áreas maiores, com a máscara de aquarela líquida.


Figura 3 - Esta é a minha folha de teste, mostrando cada aerógrafo usando pressões diferentes.  Da baixa (~ 5psi) a alta pressão (20psi), fui regulando no compressor e anotando os resultados de acordo com o que eu queria.
Este é o segredo do efeito de pointilhismo e só existe uma forma de alcança-lo: Testando cada uma das variações.
Quanto ao aerógrafo Iwata HP-B, eu retirei a tampa e o bocal. Ao fazer isso, você pode conseguir um efeito de tinta salpicada, que irá variar a intensidade se você variar a pressão. Isso funciona bem para qualquer aerógrafo com características físicas semelhantes, como por exemplo o Gatti.

Figura 4 - Soltei o bocal deste aerógrafo para obter o efeito de tinta salpicada. Como a máscara de aquarela líquida é um composto mais grosso para fluir melhor através do aerógrafo.

Figura 5 - Esta máscara de aquarela líquida tem uma viscosidade mais elevada e, portanto, requer maior pressão para ser pulverizada (~ 30psi).


Figura 7 - Imprimi a imagem de referência para caber no tamanho da tela. Transferi os pontos principais para a tela. Cortei cuidadosamente as partes da cópia para criar meus stencils.

figura 8, mostra como eu apliquei a máscara líquida com um pincel velho para cobrir algumas linhas e detalhes nos quais eu queria preservar a cor branca do fundo.

Figura 9 - Apliquei a mascara líquida com o aerógrafo de ação única . Apenas algumas partes foram pulverizadas, especialmente os que estiverem no fundo mais escuro.

Figura 10 - Eu pulverizei a cola 3M na parte traseira dos stencils cortados e fixei-os na tela. Neste ponto, com a mascara liquida aplicada e com os stencils colados,  eu pulverizei a tela com tinta acrílica preta.
Este efeito de cobertura deve ser feito com várias camadas de tinta pulverizada, caso contrário, a pintura vai correr sobre a  tela arruinando a obra.

Figura 11 - Depois que tudo estiver seco eu removo cuidadosamente a mascara líquidacom uma fita crepe. Isso deve ser feito com cuidado e com muita paciência, como mostrado na foto.

Figura 12 - Um pequeno detalhe, depois de os stencils e a mascara líquida foram removidos.

Figura 13 - um olhar completo sobre a imagem depois que os stencils e a mascara líquida foram removidos. Note que a máscara líquida foi utilizada nas transições entre claros e escuros, especialmente sobre o fundo no canto inferior direito.

Figura 14 - Fotos do passo-a-passo com o aerógrafo, sob baixa pressão adicionando os pequenos pontos através do efeito salpicado que o aerógrafo consegue.
Isto deve ser feito bem devagar, senão pode arruinar o efeito de pontilhismo.
Depois de várias passagens com os aerógrafos sob pressões de ar diferentes, cheguei ao  resultado final (imagem no início do post). Observe como passagens sutis de tinta foram colocadas sobre o cabelo da modelo para proporcionar um efeito de profundidade.
Este pequeno passo a passo aborda os conceitos básicos. Se você quiser experimentá-lo, o segredo para isso é planejamento.

Espero que este mini-tutorial possa ajudá-lo.
Abraços,